terça-feira, 1 de março de 2011

CHEGASTE




Calma e inesperadamente, tem algo em tí que me agrada.Algo como teu olho que passa de raspão pelo meu e uma sucessiva enxurrada de afinidades, que no mínimo me fazem ficar rindo um pouco por dentro. Vieste sem saber que vinhas e chegaste sem saber ter chegado, pra me ajudar exatamente na hora em que eu precisava mudar o foco. Chegaste apenas pra alegrar meus olhos, e isso ja me é muito. Chegaste e nem sabes, pra que eu fizesse as pazes com meu espelho e pra que eu mudasse a cor do batom. Chegaste e nem me vês, mas não importa. Um dia qualquer em frente ao mar quero te contar que chegaste, e se ainda estiveres por aqui, quem sabe as ondas do nosso olhar, não nos levam para conhecer lugares que juntos, ainda não conhecemos.

Ana Mascarenhas - 28/09/07

Um comentário:

  1. o blog tá lindo e tu sempre me emocionas. tô no teu rastro!

    ResponderExcluir